terça-feira, maio 29, 2012

Hoje eu queria que alguém lesse isso e suspirasse, arrancasse os cabelos, chorasse e risse ao mesmo tempo assim desesperado, sorrisse pro nada, só pra mim.
Postar um comentário